Tomar banho usando bucha ou esponja faz mal para a pele?

Compartilhe

Embora a necessidade de tomar um banho (ou mais de um) por dia seja um hábito cultural, a verdade é que o nosso corpo precisa de banhos, tanto para equilibrar as bactérias presentes na pele, que é o nosso maior órgão, como também para se livrar das impurezas, como a poluição. Um bom banho abre os poros e permite que a pele respire.

Fonte: FreepikFonte: Freepik

Sem falar que, como estamos em um país tropical, o banho é fundamental para remover o suor. Mas, talvez habituados às frequentes lavagens de mão durante a pandemia, acabamos exagerando no banho, usando produtos que retiram a oleosidade e a sujeira da pele. E, para completar, a maioria das pessoas usa buchas ou esponjas para esfregar o corpo no banho.

Se você é fã dessas buchas, vai aí um aviso: elas não são uma opção higiênica de limpar o corpo! Primeiramente porque, ao retirar as células mortas da pele, elas vão para a bucha. Ao deixar a bucha “secando” no banheiro, você está na verdade fazendo uma cultura de bactérias naquele ambiente úmido e abafado. E ainda dá um lanchinho (suas raspas de pele) para elas se alimentarem.

O que fazer então com a bucha?

Fonte: Zhane Luk/ShutterstockFonte: Zhane Luk/Shutterstock

O segundo motivo para não usar a bucha é que seu uso em excesso pode causar a remoção da camada de proteção da sua pele, tornando-a ressecada e mais propensa a alergia e infecções. É importante ressaltar que as observações feitas aqui para a bucha vegetal valem igualmente para as esponjas, que nada mais são do que o mesmo tipo de esfregão, só que de plástico. 

Mas, se você fizer questão de usar bucha, o ideal é que ela seja guardada fora do banheiro quando você não a estiver usando. Outra dica um tanto bizarra, mas que funciona, é umedecê-la e colocá-la (enquanto nova) no micro-ondas por uns 20 segundos, mas só as vegetais! 

Fonte: NNattalli/ShutterstockFonte: NNattalli/Shutterstock

Em entrevista ao HuffPost, a dermatologista Jessica Krant, fundadora da clínica Art of Dermatology, nos EUA, diz que pede a seus pacientes para não usarem buchas. Para ela, a pele demanda suavidade e, ao passar muito tempo fazendo uma higienização excessiva, as pessoas tiram da pele os óleos hidratantes naturais e saudáveis.

Notícias do Amanhã

NoticiasDoAmanha.net